Year 2016

1

1

Alunos do IPM durante o debate

1

Fotografias de Grupo dos Vencedores do
IPM com a convidada

1

Fotografias de Grupo das equipas vencedoras

1

1

Fotografias de Grupo

1

Fotografias da visita guiada ao Laboratório de Tradução Automática Chinês-Português-Inglês

Notícias     Recortes de Jornais

O "7º CONCURSO DO IPM DE DEBATE EM LÍNGUA PORTUGUESA PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR DA CHINA E DA ÁSIA", realizado pelo Instituto Politécnico de Macau (IPM), em associação com o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, terminou com sucesso no passado dia 17 de Novembro. Este ano o número de equipas de instituições de ensino superior manteve-se (onze, no total), tendo participado não apenas instituições de Macau e da China interior, mas também de outros países asiáticos como a Coreia e o Vietname.

O concurso decorreu com grande entusiasmo, no Auditório do IPM, evidenciando as qualidades e o elevado interesse deste tipo de iniciativa. Participaram no evento as seguintes instituições: Universidade Jiaotong de Lanzhou (LZJTU); Universidade de Estudos Internacionais de Tianjin (TJSFU); Universidade de Estudos Internacionais de Zhejiang (ZISU); Universidade de Estudos Estrangeiros de Hebei (HFSU); Universidade Normal de Harbin (HNU); Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian (DUFL); Universidade de Hanói (Vietname: HANU); Universidade de Estudos Estrangeiros de Hankuk (HUFS); Universidade de Macau (UMAC); Universidade de Ciências e Tecnologias de Macau (MUST); Instituto Politécnico de Macau (IPM).

O concurso dividiu-se em duas partes. A primeira parte decorreu no dia de 16 de Novembro e foi constituída por várias eliminatórias, pondo à prova as onze equipas. Os participantes tentaram, num primeiro momento, convencer o júri das suas capacidades, com um discurso improvisado a partir da visualização de uma imagem. Num segundo momento, o do debate propriamente dito, as mesmas equipas tomaram posição (umas a favor e outras contra) uma questão lançada a partir da visualização de um vídeo, tentando evidenciar o seu poder de argumentação. Este ano as temáticas abordadas foram as seguintes: Educação e desenvolvimento das sociedades; O ser humano e a máquina: subjugação / colaboração; Dinheiro e felicidade na sociedade moderna; Mobilidade de pessoas num mundo global.

No final do primeiro dia, a opinião dos participantes e professores acompanhantes era unânime, no sentido de considerar que este tipo de eventos contribuem não apenas para aprofundar e partilhar os conhecimentos da língua portuguesa, mas também para confrontar ideias e opiniões com os demais alunos de outras universidades e institutos onde se aprende português.

No dia 17 de Novembro, teve lugar a sessão final do concurso de debate em que se defrontaram as quatro equipas que, no dia anterior, o júri considerou serem as melhores: Universidade de Estudos Estrangeiros de Hankuk (HUFS), Instituto Politécnico de Macau (IPM), Universidade Normal de Harbin (HNU), Universidade de Ciências e Tecnologia de Macau (MUST).

O debate aceso e empolgante foi alvo de rasgados elogios por parte dos convidados e público em geral que enalteceram o elevado nível de capacidade de argumentação e a profundidade das ideias debatidas. Por fim, foi feita a entrega dos merecidos prémios às três equipas vencedoras que este ano foram: nstituto Politécnico de Macau (IPM) (1o prémio), Universidade de Estudos Estrangeiros de Hankuk (HUFS) (2o prémio) e  Universidade de Ciências e Tecnologia de Macau (MUST) (3o prémio).

Uma vez mais, o Instituto Politécnico de Macau e o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior foram saudados pela excelência na organização deste evento, que tem vindo a ganhar reputação na região, no Interior da China e na Ásia. Prevê-se que na edição futura venham a incluir-se outras equipas provenientes do Interior da China e de outros países asiáticos.

Em Jornal: