Informação Geral

mpi Fundado em 16 de Setembro de 1991, o Instituto Politécnico de Macau (IPM) é uma instituição pública de ensino superior, que privilegia o ensino multidisciplinar e o conhecimento aplicado. Tendo por lema “dilatar o conhecimento técnico-científico com base nas culturas da China e do Ocidente”, o IPM baseia-se em valores conducentes a atingir padrões internacionais de ensino-aprendizagem, estabelecer um e-campus, assegurar a legalidade administrativa e formalizar a gestão da investigação. “Pequeno em tamanho, mas compacto na estrutura”, o IPM aposta igualmente no ensino e na investigação, tendo por compromisso “enraizado em Macau e apoiado pela mãe-pátria, enfrentar o mundo e procurar a excelência”. Actualmente, fazem parte do Conselho de Gestão o Professor Doutor Lei Heong Iok (Presidente), o Professor Doutor Im Sio Kei (Vice-Presidente) e o Doutor Chan Wai Cheong (Secretário-Geral). O IPM conta com cerca de 250 docentes e investigadores, mais ou menos de 70% dos quais doutorados, e 55 formadores profissionais, que servem mais de 3 mil alunos a tempo integral e mais de 10 mil por ano inscritos em cursos de formação.

As seis escolas do IPM, nomeadamente a Escola Superior de Línguas e Tradução (ESLT), a Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE), a Escola Superior de Administração Pública (ESAP), a Escola Superior de Educação Física e Desporto (ESEFD), a Escola Superior de Artes (ESA) e a Escola Superior de Saúde (ESS), oferecem cursos de licenciatura em Tradução e Interpretação Chinês-Inglês, Tradução e Interpretação Chinês-Português / Português-Chinês, Ensino da Língua Chinesa como Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, Comércio-Electrónico, Marketing, Contabilidade, Relações Públicas, Gestão, Gestão de Jogo e Diversões, Administração Pública, Serviço Social, Informática, Relações Comerciais China-Países Lusófonos, Educação Física e Desporto, Artes Visuais, Música, Design, Enfermagem, Ciências de Técnicas Bio-Médicas (variante em Técnicas de Análises / variante em Técnicas Farmacêuticas) e Ciências de Terapia da Fala e da Linguagem.  Ainda, em colaboração com várias universidades internacionais de renome, o IPM oferece programas de Mestrado, incluindo Línguas Estrangeiras e Linguística Aplicada, Sociologia do Desporto, Educação Física e Desporto, Ciências do Desporto, Educação Física, Serviço Social, Enfermagem, Ciências de Técnicas do Exame Médico, Administração Pública e Gestão Pública (MPA), Gestão Governamental, Ciência em Engenharia, Artes Transdisciplinares, Tradução e Interpretação Simultânea para Conferências, e programas de Doutoramento em Língua e Cultura Portuguesa, em Gestão Pública, e em Educação. Tendo uma vertente profissionalizante, estes programas incidem nas Ciências Aplicadas e Tecnologias, enfatizando de igual modo a teoria e a prática, tendo alguns desses cursos boas ligações com universidades internacionalmente reconhecidas. Desde a sua fundação, o IPM formou já milhares de profissionais que, em diversas áreas, fazem parte integrante da sociedade local e colocam ao seu serviço os respectivos conhecimentos e competências profissionais e são apreciados pelos empregadores.

Além dos cursos acima mencionados, cabem ainda ao IPM outras duas missões importantes, a investigação e a formação. As actividades de investigação desenvolvem-se nas seguintes unidades: Centro de Estudos Políticos, Económicos e Sociais, Centro de Estudos das Culturas Sino-Ocidentais, Centro de Estudos “Um País, Dois Sistemas”, Centro de Estudos de Línguas e Culturas de Macau, Centro de Investigação em Sistemas de Informação MPI-QMUL, Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa, Centro Pedagógico e Científico na Área do Jogo e Centro Pedagógico e Científico para as Indústrias Culturais e Criativas, Laboratório de Tradução Automática Chinês/Português/Inglês. As unidades de formação incluem: Centro de Formação Contínua e Projectos Especiais, MPI - BELL Centro de Inglês (único centro em Macau que oferece exames de IELTS e BULATS) e Academia do Cidadão Sénior.

mpi

Muito do trabalho das escolas superiores e dos centros afectos ao IPM é desenvolvido em colaboração com reconhecidas universidades internacionais ou do Interior da China, como por exemplo, as investigações cooperativas, a organização de conferências internacionais, a publicação de revistas científicas, assim como a organização de concursos locais de proficiência em língua inglesa e de tecnologias da informação. A actividade de investigação do IPM estimula igualmente a qualidade do ensino, e incide em áreas relevantes para a sociedade e de interesse para a implementação das políticas do Governo. Os trabalhos dos investigadores do IPM, trabalhos premiados e publicados em diversas revistas científicas, têm vindo a crescer de ano para ano.

Para executar a política “promoção da avaliação académica nas instituições de ensino superior” do Governo da Região Administrativa Especial de Macau, nos últimos anos, o Instituto Politécnico de Macau tem vindo a cumprir essa tarefa, através das actividades da avaliação académica. Em Fevereiro de 2014, o IPM passou a constar na página electrónica da “The Quality Assurance Agency for Higher Education of London” (QAA) como instituição “aprovada” e de “confiança”. No decurso da avaliação, os avaliadores mostraram-se particularmente satisfeitos com o nível académico, a qualidade do estudo dos estudantes, as informações educacionais e com a preocupação no aperfeiçoamento contínuo da qualidade pedagógica do IPM, daí resultando a comprovação, expressa no Relatório Final, de que as actividades pedagógicas deste Instituto já atingiram o nível internacional.

Para o Instituto Politécnico de Macau, participar na avaliação académica internacional é um meio importante para melhorar as actividades pedagógicas deste Instituto. O IPM privilegia a excelência com a sua filosofia de alta qualidade de um ensino centrado nos alunos, elevando o nível dos trabalhos científicos, assegurando a qualidade de ensino. O Instituto Politécnico de Macau tem como objectivo “Enraizar-se em Macau e servir todos os cidadãos”, apostando no seu desenvolvimento contínuo num estabelecimento de ensino superior de excelência em gestão e recursos pedagógicos, assim formando mais talentos qualificados para a sociedade de Macau, e esforçando-se pelo desenvolvimento cultural e económico da sociedade de Macau.