Em Destaque

Empenhando-se na formação de talentos necessários para o desenvolvimento da RAEM, os graduados do IPM são muito procurados pela sociedade

A formação de talentos é o factor principal para elevar a competitividade da cidade. O Instituto Politécnico de Macau (IPM) tem-se empenhado na construção de uma plataforma para a formação de talentos de alta qualidade. Os cursos do IPM visam corresponder às necessidades sociais, combinando os conhecimentos profissionais com as competências pragmáticas, dando importância à educação integral dos alunos. Nas áreas da Tradução e Interpretação entre chinês, português e inglês, Tecnologia de Informação, Artes e Indústrias Cultural e Criativa, Gestão de Empresas, Serviços Públicos, Desporto e Saúde, entre outras, foram formados mais de 20 mil talentos profissionais, dotados de capacidade de inovação, imbuídos no espírito de  “Amar a Pátria e amar Macau” e com visão internacional. De acordo com o último relatório de investigação, mais de 90% dos graduados do IPM conseguiram o emprego e ou o prosseguimento dos estudos, e mais de 80% dos graduados conseguiram ser empregados ou criar o seu negócio nos três meses após a graduação, tendo o salário médio dos alunos empregados subido para 17963 patacas, mostrando que os graduados do IPM foram muito procurados pelas entidades empregadoras.

Segundo o “Relatório de investigação sobre o prosseguimento de estudos e o emprego dos alunos graduados do Instituto Politécnico de Macau no ano lectivo de 2018 / 2019”, mais de 90% dos graduados já haviam conseguido emprego, prosseguido os estudos ou criado um negócio, tendo mais de 80% dos graduados empregados sido contratados dentro de 3 meses; e desses mais de 70% conseguiram o emprego em Macau, com o salário médio de 17963 patacas, o que representa um aumento de cerca de 8% em relação ao ano de 2018. Os graduados que optaram por prosseguir os estudos entenderam, por unanimidade, que os cursos do IPM contribuem para o prosseguimento do estudo, uma vez que muitos deles frequentaram cursos de pós-graduação em universidades de renome internacional, nomeadamente a Universidade de Cambridge, a Universidade de Londres, a Universidade de Califórnia em Los Angeles, a Universidade de Melbourne, a Universidade de Lisboa, entre outras. Outros dados revelam que cerca de 90% dos graduados consideraram que os conhecimentos adquiridos no IPM contribuem para o seu trabalho, e mais de 40% manifesta vontade de trabalhar na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. O relatório revela também que os graduados do IPM são muito bem recebidos pelos empregadores nos diversos sectores da sociedade, especialmente os conhecimentos, as técnicas profissionais e as capacidades de aprendizagem e de trabalho são muito elogiadas pelos empregadores. Estes resultados demonstram que o IPM é amplamente reconhecido pela sociedade no que diz respeito à formação de quadros técnico-profissionais dotados de qualidades profissionais e morais e que têm vontade de assumir responsabilidades. Revela também que os graduados também têm muita confiança no desenvolvimento do País, da Zona da Grande Baía e de Macau.

O IPM organiza anualmente uma série de actividades no Dia de Carreiras, proporcionando aos alunos informações e orientações sobre o emprego. Neste ano, foi primeiramente lançada uma exposição de emprego on-line, a qual atraiu a participação de mais de 350 empresas/instituições locais, de Hong Kong e da Grande Baía, proporcionando mais de 4000 postos de trabalho. Os alunos, mesmo os que ficaram em casa durante o período de combate à epidemia, através da plataforma on-line, puderam interagir com as entidades empregadoras e através das sessões de partilha de experiências sobre a carreira profissional e da sessão de esclarecimento sobre entrevistas de emprego ficaram a conhecer profundamente a situação do mercado, obtiveram as informações dos diversos sectores, bem como acerca das técnicas de procura de emprego. O IPM organizou, pela primeira vez, com o Centro de Recursos Humanos Sanjiang, do Grupo Huafa de Zhuhai, o “Encontro Bilateral sobre Estágio de Emprego para Estudantes do Ensino Superior na Região da Grande Baía - Sessão do Instituto Politécnico de Macau”, a fim de aprofundar a cooperação entre Guangdong e Macau e promover o intercâmbio de talentos na Grande Baía.

Com o forte apoio do Governo Central e do Governo da RAEM, o IPM tem vindo a concretizar o princípio de “Amor pela Pátria e por Macau, enraizar-se em Macau, servir a sociedade, enfrentar o mundo e procurar a excelência”, insistindo-se em ter por base os alunos e garantir a qualidade do Instituto. Desde o retorno de Macau à Pátria, tanto o número como o nível dos cursos têm vindo a desenvolver-se rapidamente, tendo o modelo de formação de talentos e a qualidade do ensino sido reconhecidos internacionalmente e por várias vezes recebido o Prémio de Qualidade do Ensino. Os alunos actuais e os antigos alunos do IPM têm vindo a obter bons resultados em competições internacionais na área do desporto e da inovação tecnológica, alcançando os sonhos de muitos alunos e desenvolvendo as suas potencialidades em Macau e em todo o mundo. O IPM vai aproveitar activamente as oportunidades resultantes do desenvolvimento estratégico do País e de Macau, servindo como umas plataformas os projectos nucleares em desenvolvimento, nomeadamente o “Centro de Investigação de Engenharia em Tecnologia Aplicada à Tradução Automática e Inteligência Artificial, Ministério da Educação” e o “Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferência”. Além disso, nas áreas em que o IPM se destaca mais, tais como Tradução e Interpretação Chinês-Português, Tecnologias da Informação, Estudos do Jogo e do Turismo, Indústrias Cultural e Criativa e Estudos das Culturas Chinesa e Ocidental, foram iniciados o ensino e a investigação interdisciplinares e inter-regionais, a fim de formar mais talentos que amam a Pátria e Macau e que possam contribuir para o desenvolvimento da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, dando um contributo ainda maior para a concretização, com sucesso, do princípio “Um País, Dois Sistemas”.

O IPM empenha-se na formação de talentos necessários para o desenvolvimento da RAEM
Os graduados do IPM são muito procurados pela sociedade

 

Nos media: