Em Destaque

Inauguração do Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferência do Instituto Politécnico de Macau, em colaboração com a Comissão Europeia

Cerimónia de Abertura do Centro, presidida pelo senhor Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Doutor Alexis Tam
Discurso de boas vindas do Marcus Im Sio Kei, Presidente do IPM e discurso de Florika Fink-Hooijer, Directora-Geral de Interpretação DG-SCIC da Comissão Europeia

Por ocasião do 70º Aniversário da Implantação da República Popular da China, do 20º Aniversário do Estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau e do 40º Aniversário das Relações entre a China e os Países de Língua Portuguesa, o Instituto Politécnico de Macau (IPM) criou, no dia 5 de Dezembro de 2019, o Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferência. O Centro, fruto da cooperação de longa data entre a Direcção Geral de Interpretação da União Europeia e o IPM, visa consolidar o papel de Macau como plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, enriquecendo a formação de talentos na área em Macau e nos países lusófonos. Reforça-se desta forma a cooperação entre Macau, os países lusófonos e as regiões do Interior da China na formação de talentos em língua portuguesa e eleva-se a qualidade dos recursos humanos actuantes na profissão. Presidiram conjuntamente a cerimónia de abertura o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da Região Administrativa Especial de Macau, Doutor Alexis Tam, o Vice-Director do Departamento de Educação e Juventude do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Dr. Gou Renmin, a Directora-Geral de Interpretação da Comissão Europeia, Doutora Florika Finek-Hooijer, o Cônsul-Geral de Portugal em Macau, Dr. Paulo Cunha Alves e o Presidente do Instituto Politécnico de Macau, Doutor Im Sio Kei.

Na cerimónia de inauguração, o Presidente do Instituto Politécnico de Macau, Im Sio Kei, fez uma retrospectiva sobre as diversas actividades organizadas pelo Instituto Politécnico de Macau e pela Direcção Geral de Interpretação da Comissão Europeia (DG-SCIC), enfatizando a importância desta parceria que se traduz, entre outros, no sucesso do curso de formação profissional de interpretação de conferência, realizado no IPM durante os últimos 15 anos. Entre os participantes da formação contam-se professores de Macau, do Interior da China e de várias instituições de ensino superior de Portugal, bem como intérpretes dos ministérios e dos governos locais. Os tradutores-intérpretes profissionais dos diversos departamentos do Governo da RAEM e da Rádio Internacional da China beneficiaram também dos cursos de formação. Através deste programa de formação, o IPM tem promovido com sucesso o modelo de formação em interpretação da União Europeia entre as instituições de ensino superior do Interior da China, contribuindo activamente para o desenvolvimento da interpretação em língua portuguesa em Macau, no interior da China e na Ásia, como são unânimes em reconhecer as instituições de ensino superior que abriram cursos de língua portuguesa no Interior da China e em outros países.

Com a criação do Centro, estreita-se a cooperação entre o IPM e a DGSCIC, o que resulta no reforço da formação dos professores de interpretação chinês-português do IPM, no apoio pedagógico e no estágio dos pós-graduandos do Curso de Mestrado em Tradução e Interpretação Chinês-Português, e garante a continuação da oferta do curso intensivo de interpretação em conferências.

Florika Fink-Hooijer, Directora-Geral de Interpretação da Comissão Europeia, felicitou o Instituto Politécnico de Macau pelos resultados alcançados nos últimos anos no ensino e formação em língua portuguesa. Afirmou ainda que o IPM, ao longo dos anos, tem sido um parceiro constante de confiança da União Europeia, e que a cooperação nesta formação em interpretação de conferência constitui um exemplo de sucesso. A DG-SCIC dá grande importância às relações amigáveis de cooperação com o IPM, estando disposta a continuar a colaborar com o Instituto Politécnico de Macau na formação de intérpretes de qualidade e no fornecimento de apoio pedagógico, promoção e desenvolvimento conjunto de políticas multilinguísticas e multiculturais.

A criação do Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferência e a abertura do Curso de Mestrado em Tradução e Interpretação Chinês-Português, desenhado de acordo com os mais elevados padrões da União Europeia, são passos importantes para consolidar a capacidade de formação de intérpretes de excelência em Macau e fortalecer as ligações profissionais e institucionais entre a União Europeia, Macau e o Interior da China.

Além disso, ambas as partes manifestaram o desejo de que a criação do Centro possa reforçar ainda mais a cooperação bilateral no contexto da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” do Governo Central e no contexto da construção da Grande Baía, a fim de formar professores de língua portuguesa para Macau, o Interior da China e para a Ásia, elevar o nível do ensino de interpretação e ajudar Macau a continuar a desempenhar o papel de Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, construindo, de forma activa, a “Base de Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português”.

Cerimónia de Abertura do Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferência no Instituto Politécnico de Macau

Nos media: